Os bens imobiliários na Suiça, em comparação com Portugal, têm preços elevados. Para além do preço do imóvel, também terás de pagar o preço da escritura, que depende do valor da compra.

Capacidade para pedir um empréstimo

Um dos pontos mais importantes para se tornar proprietário na Suiça, é possuir 20% de “fundos próprios”. Se quiseres comprar uma casa de, por exemplo, 1 milhão de francos, terás de dar 200,000 francos como entrada inicial. Sem essa percentagem, não poderás comprar uma casa. Esta regra é aplicada em todos os cantões e bancos.
Desses 20%, um mínimo de 10% dos fundos deve ser proveniente do teu dinheiro “vivo”: conta poupança, terceiro pilar, seguro de vida, avançamento de herança, etc. Os 10% restantes podem provir do segundo pilar.

Escritura

Atenção, na compra de um imóvel terás uma escritura para pagar. O seu custo varia conforme o cantão onde compraste o teu bem imobiliário, e o notário que tratará a escritura.

Capacidade para obter um empréstimo

O teu capital próprio não é o único fator a ter em atenção. É igualmente importante que verifiques a tua capacidade de empréstimo. O objetivo é determinar o montante máximo que consegues pedir emprestado, tendo em conta os teus rendimentos, pois são estes que te vão permitir assegurar a carga hipotecária no futuro. Esta etapa permite que afines as tuas buscas para compra de casa, de forma a que se adequem à tua capacidade financeira.

Na maioria dos bancos suíços, as cargas ligadas à aquisição não podem ultrapassar os 33% do teu rendimento bruno anual.

Por exemplo, para a aquisição de um bem com o preço de 1 000 000 de francos, o teu rendimento tem de ser, no mínimo, de 180 000 francos. Obviamente, o rendimento quantificado pode corresponder ao conjunto de um casal.

O teu envolvimento em outros tipos de dívidas, como um leasing de um carro, também deverá ser incluído nos cálculos.

Como funciona um empréstimo hipotecário

Se encontraste o bem imobiliário do teus sonhos, o teu capital próprio é suficiente e tens uma capacidade de empréstimo que respeita a regra dos 33%, podes encontrar um banco para financiar o teu empréstimo.

Como explicado anteriormente, o banco só te irá emprestar um máximo de 80% do preço de compra. Aconselho-te a negociar sempre as taxas de juro. Não hesites em pedir vários orçamentos em diversos bancos, para que possas negociar da forma mais eficaz. Podes utilizar o site comparativo bonus.ch para encontrar as melhores ofertas disponíveis.

 

 

Partilha este artigo nas redes sociais